Gazeta Apodiense

Notícias Geral

Arrastão de toneladas de arraias surpreende pescadores na Costa Branca potiguar

Caso aconteceu na terça-feira (20), em Galinhos. Como venda comércio do peixe não é comum na região.

Arrastão de toneladas de arraias surpreende pescadores na Costa Branca potiguar
Reprodução/G1
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Em um só arrastão, pescadores potiguares pegaram cerca de quatro toneladas de arraias, na praia de Galinhos, na Costa Branca potiguar. O caso aconteceu na manhã de terça-feira (20) e surpreendeu os trabalhadores.

Os pescadores são pai e filho - seu Manezinho, de 62 anos, e o filho dele, Thiago Guedes. De acordo com Thiago, a rede de arrastão foi jogada apenas uma vez, o que foi suficiente para pegar toda a quantidade de arraias.

Porém, como o consumo da arraia não é muito comum na região, os pescadores disseram que devolveram ao mar grande parte dos animais.

"Nessa época do ano, com a água mais limpa, é a época que passa mais cardume de peixe - a tainha, a curimã - e foi uma sorte essas arraias passarem agora. Nosso intuito era pegar tainha. Como não tem compra para esse peixe, não tem mercado ainda, a gente tirou um pouco para comunidade, para nós pescadores comermos, e o restante a gente soltou vivas ainda", contou Thiago Guedes.

Não é a primeira vez que seu Manezinho tem sorte na pescaria. Em 2020, ele pegou cerca de 10 toneladas de peixe e até apareceu no RN1, da Inter TV Cabugi.

 

FONTE/CRÉDITOS: g1.globo.com/rn
Comentários:

Veja também

Seja assinante do nosso portal! É GRÁTIS!

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!