Gazeta Apodiense

Notícias Estado

Caern vai abrir novo período de negociação de débitos em atraso

As condições de negociação incluem a possibilidade de parcelar a dívida em até 36 meses, com entrada de 10% do valor total.

Caern vai abrir novo período de negociação de débitos em atraso
ANNA PAULA BRITO
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando
A medida visa facilitar para que os clientes possam regularizar suas contas. O prazo começa na próxima terça-feira (11) e vai até o dia 15 de junho. A campanha de negociação abrange todas as faturas não quitadas com vencimento anterior a março de 2021. As condições de negociação incluem a possibilidade de parcelar a dívida em até 36 meses, com entrada de 10% do valor total. Também haverá a dispensa de juros e multa.

A Caern informou nesta quinta-feira (6) que vai abrir mais um período de negociação de débitos em atraso para que os clientes que estão com contas em aberto possam regularizar a situação.

O prazo começa na próxima terça-feira (11) e vai até o dia 15 de junho. A campanha de negociação abrange todas as faturas não quitadas com vencimento anterior a março de 2021.

As condições de negociação incluem a possibilidade de parcelar a dívida em até 36 meses, com entrada de 10% do valor total. Também haverá a dispensa de juros e multa.

Segundo o superintendente Comercial da companhia, Giordano Filgueira, as faturas de abril podem ser incluídas no parcelamento, mas nesse caso não há a dispensa dos juros e multa.

O interessado pode negociar sua dívida até mesmo nos casos em que tenha um parcelamento anterior. Nesse novo acordo, o percentual do valor de entrada é de 20% do total.

Os clientes interessados podem fazer o parcelamento por vários canais. Ele pode fazer pelo Whatsapp (84) 98137-2343, na Agência Virtual (http://caern.com.br), através do link parcelamento de dívidas, ou nos escritórios de atendimento, mediante agendamento prévio na Agência Virtual ou no endereço http://agendamento.caern.com.br.

Também é possível negociar as faturas com o cartão de crédito, sem entrada, com isenção de juros e multas, em até 12 vezes e com parcela mínima de R$ 5. A forma de negociação é a mesma da outra modalidade.

FONTE/CRÉDITOS: mossorohoje.com.br
Comentários:

Veja também

Seja assinante do nosso portal! É GRÁTIS!

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!