Gazeta Apodiense

MENU
Logo
Sexta, 16 de abril de 2021
Publicidade
Publicidade

Caraúbas

Defesa Cívil do município de Caraúbas afirma que teve 11 abalos sísmicos nas últimas 48 horas

Uma equipe vai fazer um estudo mais aprofundado sobre os frequentes tremores em Caraúbas.

Publicidade
Publicidade
Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Os constantes tremores de terra (abalos sísmicos) que vem acontecendo no município de Caraúbas têm preocupado autoridades e causado apreensão na população. Diante desse quadro, a Prefeitura de Caraúbas, por meio da Secretaria Municipal de Políticas do Campo e Meio Ambiente e, da Defesa Civil local, acionou a equipe sismológica da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) para explicar o fenômeno para tranquilizar a população da cidade.

Em entrevista a um veículo de imprensa de Natal, coordenador do Laboratório Sismológico (LabSis) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Anderson Nascimento, disse que não há motivo para preocupação da população, uma vez que os tremores são de pequena intensidade e que vai mandar uma equipe para fazer um estudo mais aprofundado sobre os frequentes tremores em Caraúbas.

Em nota pública, a Defesa Civil de Caraúbas confirmou que nas últimas 48 horas a terra tremeu 11 vezes no município de Caraúbas tendo o epicentro dos abalos a uma distância aproximada de 15 quilômetros da cidade, na região da Baixa Grande, com intensidade entre 0,8 e 2,7 na escala Richter.

“O município de Caraúbas, por meio da Defesa Civil está tomando as providências junto ao laboratório de sismologia para que explique e tranquilize a população no tocante aos abalos. Não estamos acostumados com esse tipo de situação, no entanto, vamos correr atrás de todo e qualquer tipo de informação para que nossa população entenda o que está acontecendo e se tranquilize que não é nada grave”, destacou o prefeito Juninho Alves.

FONTE: Assecom PMC

Aviso: Esse conteúdo não reflete a opinião do nosso portal e é uma matéria criada pelo nosso site, a sua cópia está proibida de acordo com o Art. 184 do CPB, decreto de Lei 2848/40.

Publicidade
Publicidade

Comentários:

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade