Gazeta Apodiense

Notícias Geral

Em Natal, ministério anuncia instalação de transformador em subestação paraibana para escoar energia produzida no RN

Equipamento será instalado em João Pessoa com investimentos de R$ 87,7 milhões realizados por empresa que recebeu concessão pública.

Em Natal, ministério anuncia instalação de transformador em subestação paraibana para escoar energia produzida no RN
Sara Cardoso/Inter TV Cabugi
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Um evento realizado em Natal, neste sábado (23), contou com o anúncio da autorização de instalação de um transformador na Subestação João Pessoa II, localizada na capital paraibana, que deverá ser usado para escoamento de energia produzida no Rio Grande do Norte.

Segundo o Ministério de Desenvolvimento Regional, o equipamento vai possibilitar a expansão do sistema de transmissão que atende a Região Metropolitana de João Pessoa e o escoamento de excedentes de energia elétrica produzida no RN.

“O Rio Grande do Norte é um dos grandes produtores de energia elétrica do País, especialmente quando falamos de matrizes alternativas, como a eólica. Esse equipamento vai permitir que o excedente da produção de energia elétrica feita aqui possa ser escoada também para a Paraíba”, disse o ministro Rogério Marinho.

O investimento para a ampliação da Subestação João Pessoa II é de R$ 87,7 milhões e será feito pela Borborema Transmissão de Energia S.A., empresa que detém a concessão dos serviços desde junho de 2018.

Além disso, a concessionária também recebeu autorização da Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste (Sudene) para captar R$ 139 milhões junto ao Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE) e R$ 40 milhões, por meio do Fundo de Desenvolvimento do Nordeste (FDNE), para outras iniciativas de expansão da rede.

Os recursos serão usados na construção, operação e manutenção das instalações de transmissão em 13 cidades paraibanas.

O evento foi realizado dentro da ação Jornada das Águas, anunciada pelo ministério no Nordeste. Na sexta (22), o governo lançou o edital do projeto da Adutora do Agreste Potiguar, com investimento de R$ 260 milhões para levar água a13 cidades. Também foi assinado um edital de licitação para o projeto de revitalização da Lagoa do Bonfim, com R$ 2 milhões para elaboração de estudos e projetos.

Aviso: Esse conteúdo não reflete a opinião do nosso portal e a sua fonte é g1.globo.com/rn
Comentários:

Veja também

Seja assinante do nosso portal! É GRÁTIS!

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!