Gazeta Apodiense

MENU
Logo
Quarta, 23 de junho de 2021
Publicidade
Publicidade

Mossoró

Grupo anuncia investimentos de 2,5 bilhões num polo cloroquímico em Mossoró

O que for necessário da parte do Poder Executivo Municipal, não vai faltar esforços, na busca do Governo do Estado

Publicidade
Publicidade
Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Prefeito Allyson Bezerra e o vice-presidente do Grupo Koyo, Joaquim Franco, assinam protocolo de intenção que prevê início dos investimentos físicos, com a geração de 2,5 mil empregos diretos, já estão previstos para o início do ano que vem, segundo foi informado ao prefeito Allyson Bezerra no final da manhã desta quarta-feira, dia 9 de junho. O que for necessário da parte do Poder Executivo Municipal, não vai faltar esforços, na busca do Governo do Estado, da Bancada Federal e do Governo Federal para se ter o necessário para o desenvolvimento do Estado, com emprego e renda.

Grupo de empresários e bancos anunciaram no final da manhã desta quarta-feira, 9, investimento de 2,5 bilhões na instalação de um polo cloro químico em Mossoró-RN, gerando 2,5 mil empregos diretos e cerca de 7,5 mil indiretos, logo a partir do início de 2022.

Os investimentos estão sendo atraídos pela abundância de matéria prima (calcário, águas mães e derivados de petróleo na Refinaria Clara Camarão, em Guamaré) e principalmente em função das condições estáveis no eixo político administrativo que Mossoró vivencia na atualidade.

Na solenidade de anúncio do investimento, estiveram presentes vários empresários de Mossoró, o presidente da Câmara Municipal Lawrence Amorim, secretários municipais e a imprensa. No compromisso firmado, a Prefeitura e a empresa têm 120 dias para realizar as primeiras análises.

“É um dos maiores projetos que o Estado do Rio Grande do Norte recebe”, diz o prefeito Allyson Bezerra, lembrando que os empreendimentos, serão, em sua maioria, em Mossoró, graças ao calcário, energia renovável e águas mães (sal marinho) em abundância na região. Afirma que agora vai em busca de reforçar o apoio político.

O vice-presidente do grupo Koyo e Ceo da TFB e Energy, o cearense Joaquim Franco, disse que saiu da reunião com prefeito de Mossoró muito animado. Acredita ter encontrado o cenário ideal para concretizar um grande empreendimento em benefício do crescimento econômico.

Franco assegurou que os primeiros passos serão dados pela empresa e pela Prefeitura, nos próximos 120 dias fazendo estudos na área de meio ambiente e jurídica. Depois destes primeiros quatro meses, provavelmente no início do próximo ano, começa os trabalhos na concretização do projeto.

O presidente da Câmara Municipal, Lawrence Amorim destaca que está muito feliz por ter participado da reunião, que vai promover o crescimento econômico do Oeste do RN, gerando emprego e renda. Lembra que a cidade está preparada, com atrativos para gerar estes investimentos.

Para o secretário Frankli Filgueira, de Desenvolvimento Econômica, a assinatura do protocolo de intenções, trata-se de um marco na economia local e que vai se destacar na economia do Rio Grande do Norte. Acredita que vai ser uma condição redentora na região.

O prefeito Allyson Bezerra observa que a região de Mossoró, no Oeste do RN, tem todas os pré-requisitos para se desenvolver, em especial com projetos como este, que ele também ver como redenção para o Rio Grande do Norte. O objetivo é gerar emprego e renda.

Vamos, de imediato, buscar apoio do Governo do Estado, da Bancada Federal, do governo Federal, para concretizar o investimento em Mossoró, em benefício de toda a região . Vamos buscar apoio dos prefeitos da região também para participar do processo”, destaca Allyson Bezerra.

Aviso: Esse conteúdo não reflete a opinião do nosso portal e a sua fonte é mossorohoje.com.br

Créditos: As fotos e vídeos contidos nesta matéria é de inteira e total responsabilidade de Mossoró Hoje

Publicidade
Publicidade

Comentários:

Publicidade
Publicidade