Gazeta Apodiense

Notícias Estado

Homem mata ex-mulher, filha, outras 3 pessoas da família e comete suicídio no interior do RN

Um sobrinho da ex-companheira também foi socorrido ao hospital.

Homem mata ex-mulher, filha, outras 3 pessoas da família e comete suicídio no interior do RN
Créditos: As fotos e vídeos contidos nesta matéria é de inteira e total responsabilidade de G1/RN
Imagens
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Um homem matou a ex-companheira, a própria filha do casal, que tinha 7 anos de idade, além dos ex-sogros e uma tia dele, na madrugada deste sábado (25).

O caso aconteceu em Passa e Fica, na região Agreste potiguar. Um sobrinho da ex-companheira do assassino também foi baleado e socorrido ao hospital com vida.

As informações foram confirmadas pelo 8º Batalhão da Polícia Militar, que começou uma busca pelo autor dos crimes, mas já encontrou o suspeito morto. Segundo a PM, ele tirou a própria vida.

O crime aconteceu por volta das 4h na localidade conhecida como Lagoa do Venâncio, no sítio Fernando da Pista. O autor foi identificado como William de Lima Silva, de 33 anos.

As vítimas que morreram foram identificadas pela PM como:

Maria da Luz Henrique de Lima, ex-companheira
Maria Clara de Lima e Silva, 7 anos, filha
Maria do Livramento Henrique de Lima, ex-sogra
Francisco Batista de Lima, ex-sogro
Tia do homem, ainda não identificada oficialmente, apelidada de "Verinha"

Arma de fogo e foice

Segundo a Polícia Militar, o homem chegou a uma casa onde estavam as quatro primeiras vítimas, armado com uma arma de fogo e uma foice.

Após matar todos no local, inclusive a filha de 7 anos de idade, ele deixou a casa e foi a outro imóvel, onde assassinou a tia dele e baleou um sobrinho da ex-companheira.

A polícia foi acionada e começou uma busca pelo suspeito em uma área de mata, mas ele já foi encontrado sem vida, próximo a uma casa em construção.

Ainda de acordo com a PM, o homem deixou um caderno com mensagens escritas, em que tenta justificar a tragédia. No entanto, o conteúdo não foi divulgado até a publicação desta matéria.

Aviso: Esse conteúdo não reflete a opinião do nosso portal e a sua fonte é g1.globo.com/rn
Comentários:

Veja também

Seja assinante do nosso portal! É GRÁTIS!

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!