Gazeta Apodiense

Notícias Saúde

Hospitais particulares de Natal estão com mais de 90% dos leitos críticos para Covid-19 ocupados

Unidades de Pronto Atendimento (UPA) da capital também tem aumento na ocupação de leitos, com uma delas já superlotada.

Hospitais particulares de Natal estão com mais de 90% dos leitos críticos para Covid-19 ocupados
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Os principais hospitais particulares de Natal iniciaram esta segunda-feira (22) com mais de 90% dos leitos críticos para Covid-19 ocupados. O aumento nas unidades privadas acompanha a lotação dos hospitais públicos, que já atinge mais de 90% na Grande Natal e mais de 80% no Rio Grande do Norte.
Quem também passa a sofrer pressão nos leitos para a doença são as Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) da capital. A UPA Cidade Satélite amanheceu a segunda-feira com 105% de lotação.

Entre os hospitais privados, o Hospital Rio Grande informou que todos 17 leitos de UTI para Covid-19 e os 20 semi-intensivos estão completamente ocupados. A diretoria do hospital disse ainda que o pronto socorro da unidade teve aumento de 30% no número de atendimentos na semana passada.

No Hospital São Lucas, a ocupação também está em 100% nos leitos para Covid-19, segundo a direção da unidade. O hospital informou ainda que a procura de pacientes com síndrome respiratória cresceu e que, no pronto socorro, o aumento chegou a até 90% nos últimos dias.

Outra unidade em que o atendimento no pronto-socorro aumentou foi o Hospital do Coração. No domingo (21), o hospital precisou fechar o pronto-socorro por 4 horas por não comportar o número de pacientes.

Segundo a direção do hospital, a segunda-feira (22) começou com todos os leitos Covid-19 ocupados. À tarde, a UTI tinha 95% da ocupação.

Já o Hospital da Unimed suspendeu as cirurgias eletivas pelos próximos 14 dias, sendo mantidas apenas as as obstétricas e oncológicas. A unidade não informou qual a porcentagem de ocupação dos leitos críticos, mas disse que está funcionando com quase toda a capacidade, e informou que deve aumentar a capacidade de atendimento em 25% para suportar a demanda, além de abrir novos leitos.

No Hospital Antônio Prudente, do sistema Hapvida, a ocupação nos leitos de UTI para Covid-19 é de 76%.

UPAs têm aumento na ocupação

A situação nas UPAs em Natal também preocupam. Na UPA Cidade Satélite, nesta segunda-feira (22), a ocupação dos leitos Covid-19 chegou a 105%, segundo a Secretaria Municipal de Saúde de Natal. Quem procurou a unidade teve dificuldade até para ser atendido.

Nas outras UPAs da capital, houve um aumento de ocupação e atendimento, apesar de não apresentarem superlotação.

Na UPA Potengi, na Zona Norte de Natal, a ocupação era de 75% na manhã desta segunda-feira. Na UPA Pajuçara, era de 60%, a mesma ocupação da UPA Cidade da Esperança.

Outra unidade que tem ocupação alta neste inicio de semana é o Hospital dos Pescadores, no bairro das Rocas. Nesta segunda-feira, a ocupação chegou a 90%.

FONTE/CRÉDITOS: g1.globo.com/
Comentários:

Veja também

Seja assinante do nosso portal! É GRÁTIS!

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!