Gazeta Apodiense

MENU
Logo
Quarta, 23 de junho de 2021
Publicidade
Publicidade

Apodi

Jovem faz vídeo seminu em cima de letreiro turístico de Apodi

O jovem pode responder pelos crimes de danos ao patrimônio público e prática de ato obsceno.

Publicidade
Publicidade
Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Na manhã desta Quinta(10) um jovem fez um vídeo seminu em cima do letreiro do nome de Apodi que fica localizado no calçadão da lagoa, o ato se espalhou rapidamente e revoltou toda a população da cidade. No vídeo ele sobre em cima do nome e tira parte da roupa, esse foi o fato que gerou revolta nas pessoas da cidade. O jovem foi identificado pela nossa reportagem, porém vai ser resguardado a identidade por ser menor de idade.

Segue o vídeo em questão:

O jovem, após toda repercussão do caso, fez um vídeo em retratação alegando não ter sido sua intenção denegrir a imagem da cidade e que era uma brincadeira, mas na opinião de algumas pessoas acabou não sendo uma justificativa plausível.

Segue o vídeo da retratação do garoto:

Procurado pela nossa reportagem o advogado Igno Araújo, que trabalha na cidade de Apodi disse o seguinte;

"No meu ponto de vista ele poderia responder pelo crime do Código Penal (Lei nº 2.848/40) prevê penas para quem causa dano ao patrimônio público:

Art. 163 – Destruir, inutilizar ou deteriorar coisa alheia:
(…)
III – contra o patrimônio da União, Estado, Município, empresa concessionária de serviços públicos ou sociedade de economia mista;
Com Pena – detenção, de 1 (um) a 6 (seis) meses, ou multa.

Porém apenas pelas imagens não dá pra identificar qualquer dano.

Em relação ao fato do jovem no vídeo tirar a roupa em ambiente público pode ser considerado um ato obsceno, crime do Art. 233 do CP que diz:

Ato Obsceno
Art. 233 - Praticar ato obsceno em lugar público, ou aberto ou exposto ao público:
Pena - detenção, de 3 (três) meses a 1 (um) ano, ou multa.

Ato obsceno é praticar uma ação de cunho sexual que ofende o pudor (a moral) da sociedade. Esse crime, além da multa, já gera também pena de prisão. Vale ressaltar estamos fazendo uma análises apenas em relação ao vídeo que nós foi apresentado. Também é importante enfatizar que ao autor dos fatos lhe são facultado apresentar a sua versão dos fatos além de todas as garantias constitucionais a sua defesa."

Também consultado pela nossa reportagem o atual vereador na cidade de Apodi, Adailton Targino esclarece;

"O que precisa ser feito é que ele seja contatado pela policia, ser ouvido e que haja retratação pública do mesmo, e se no entendimento da justiça houver necessidade de uma punição, que seja aplicada de acordo com a lei, para que este ato não se repita em nossa cidade e sirva de exemplo."

O caso ainda não chegou a justiça, em contato com o delegado da cidade, ele nos repassou que não foi registrado nenhum boletim de ocorrência até a finalização dessa matéria. Sem a denúncia o caso não pode ser investigado. Seguimos acompanhando o caso e aguardando por nova informações.

Aviso: Esse conteúdo não reflete a opinião do nosso portal e é uma matéria criada pelo nosso site, a sua cópia está proibida de acordo com o Art. 184 do CPB, decreto de Lei 2848/40.

Créditos: As fotos e vídeos contidos nesta matéria é de inteira e total responsabilidade de Internet

Publicidade
Publicidade

Comentários:

Publicidade
Publicidade