Gazeta Apodiense

Notícias Saúde

Mães denunciam mortes de bebês em um dos principais hospitais do RN

De acordo com elas, as mortes ocorreram no período de um mês e em somente dez dias foram cinco falecimentos. 

Mães denunciam mortes de bebês em um dos principais hospitais do RN
Grande Ponto
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Uma denúncia gravíssima feita por mães de crianças que nasceram prematuras e que revelaram a morte de oito bebês na UTI Neonatal do Hospital Santa Catarina, na Nona Norte de Natal. 

De acordo com elas, as mortes ocorreram no período de um mês e em somente dez dias foram cinco falecimentos. 

Veja a nota da Secretaria Estadual de Saúde a respeito da denúncia:

A Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) comunica que a UTI Neonatal do Hospital Dr. José Pedro Bezerra (Santa Catarina) está passando por um processo de desinfecção e por isso não admitirá novos pacientes.

A ação é  necessária para garantir as condições de segurança sanitária para receber novos bebês. Também estão suspensas as visitas nesse período.  A medida foi tomada após o Núcleo de Vigilância Epidemiológica Hospitalar da unidade identificar um possível surto infeccioso.

O Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde (CIEVS) da Sesap foi notificado no último dia 18 de outubro e está realizando o processo de investigação epidemiológica, que envolve equipe técnica das Doenças de Transmissão Hídrica e Alimentar (DTHA), Vigilância Sanitária Estadual e Municipal, Sistema de Informação de Mortalidade (SIM), Comissão Estadual de Controle de Infecção Hospitalar (CECIH), Núcleo de Segurança do Paciente (NSP) e Coordenação de Atenção à Saúde (CAS) 

Oito leitos estão bloqueados para desinfecção, do total de 24 leitos de UTI Neonatal disponíveis. A Sesap está trabalhando para garantir a regulação de novos pacientes para outras unidades enquanto perdurar o bloqueio.

Aviso: Esse conteúdo não reflete a opinião do nosso portal e a sua fonte é gustavonegreiros.com.br
Comentários:

Veja também

Seja assinante do nosso portal! É GRÁTIS!

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!