Gazeta Apodiense

MENU
Logo
Quarta, 23 de junho de 2021
Publicidade
Publicidade

Mossoró

Mossoró registra cinco assassinatos em um dia neste Sábado(05)

Crimes aconteceram todos neste sábado (5) no município e, segundo delegado, não há relação entre eles.

Publicidade
Publicidade
Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Cinco homicídios foram registrados em menos de 24 horas em Mossoró, na Região Oeste do Rio Grande do Norte, neste sábado (5).

De acordo com a Polícia Civil, o primeiro crime aconteceu no fim da manhã no bairro Abolição III. Um policial militar do Ceará de 30 anos, que estava no município, foi vítima de latrocínio. A polícia acredita que Dyego Ramon da Silva Grigorio reagiu a um assalto, foi atingido e não resistiu aos ferimentos.

Outro crime aconteceu na rua Francisca Alves da Silva, no bairro Pousada das Thermas. Erikson Rutennio da Silva Santos, 26 anos, estava chegando em casa por volta das 16h quando dois homens em uma motocicleta dispararam pelo menos cinco vezes contra ele, que morreu no local.

Erickson foi morto na porta de casa em Mossoró — Foto: Inter TV Costa Branca

Erickson foi morto na porta de casa em Mossoró — Foto: Inter TV Costa Branca

A terceira ocorrência aconteceu por volta das 17h, no cruzamento das ruas Haroldo Gurgel e Cunha da Mota, no bairro Alto da Conceição. A vítima foi identificada como Emerson Carlos Santana Bezerra, de 32 anos.

Segundo a PM, quatro elementos encapuzados chegaram na residência em que a vítima estava, renderam às pessoas e executaram o rapaz no quintal com pelo menos dois tiros de revólver.

Emerson Carlos foi morto em Mossoró, RN — Foto: Arquivo pessoal

Emerson Carlos foi morto em Mossoró, RN — Foto: Arquivo pessoal

No fim do dia, um outro crime que chocou o município: mãe e filha foram assassinadas na Rua Helena de Oliveira Moura, no bairro Pousada das Thermas.

As vítimas foram identificadas pela Polícia Civil como Maria Rita Vieira de Freitas, 50 anos, e Maria Clara Vieira de Freitas, 16.

De acordo com a Polícia Civil os criminosos derrubaram a porta principal para entrar na casa das vítimas.

"Um crime bárbaro, violentíssimo, sem dúvidas alguma, crime execução", disse o delegado Renato Oliveira, que deu início à investigação do caso.

Para o delegado, os crimes deste sábado não tem relação entre si.

Aviso: Esse conteúdo não reflete a opinião do nosso portal e a sua fonte é g1.globo.com/rn

Créditos: As fotos e vídeos contidos nesta matéria é de inteira e total responsabilidade de G1/RN

Publicidade
Publicidade

Comentários:

Publicidade
Publicidade