Gazeta Apodiense

Notícias Mossoró

MP pede indenização de R$ 250 mil a agência do Bradesco por gerar aglomerações em Mossoró

O Ministério Público verificou que a agência fiscalizada, não estava organizada de modo satisfatório ao atendimento da população

MP pede indenização de R$ 250 mil a agência do Bradesco por gerar aglomerações em Mossoró
Mossoró Hoje
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

O Ministério Público verificou que a agência fiscalizada, não estava organizada de modo satisfatório ao atendimento da população, no que diz respeito as ações de prevenção a saúde e segurança emitidas pelas autoridades sanitárias diante da pandemia da Covid-19.

O Ministério Público do Rio Grande do Norte, por intermédio da 2ª Promotoria de Justiça da Comarca de Mossoró, ingressou com Ação Civil Pública (ACP) contra o Banco Bradesco devido aos sucessivos descumprimentos das medidas sanitárias de contenção ao novo Coronavírus.

Na ação, o Ministério Público requereu a condenação da instituição financeira no valor de R$ de R$ 250 mil pelo dano moral coletivo causado por sua conduta.

O Ministério Público verificou que a agência fiscalizada, não estava organizada de modo satisfatório ao atendimento da população, no que diz respeito as ações de prevenção a saúde e segurança emitidas pelas autoridades sanitárias diante da pandemia da Covid-19.

Além de atendimento ofertado aos clientes, em especial, às pessoas idosas nas agências bancárias desrespeitando a Lei Municipal que proíbe filas acima de 30 minutos nos bancos.

O portal Mossoró Hoje recebeu uma série de denúncias de clientes que entraram em contato reclamando das sucessivas aglomerações causadas pelo péssimo atendimento por parte da agência, que não disponibiliza fichas de atendimento suficientes para atender a demanda diária de clientes.

A Comarca de Mossoró atua na Defesa do Consumidor, em conjunto com a 15ª Promotoria de Justiça local, que atua na Defesa dos Direitos do Idoso e da Pessoa com Deficiência.

Leia aqui a Ação Civil Pública 

FONTE/CRÉDITOS: mossorohoje.com.br
Comentários:

Veja também

Seja assinante do nosso portal! É GRÁTIS!

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!