Gazeta Apodiense

MENU
Logo
Sábado, 27 de fevereiro de 2021
Publicidade
Publicidade

Estado

Paciente transferido do Amazonas para Natal é intubado no Hospital de Campanha, diz Secretaria de Saúde

Ao todo, capital potiguar tem 28 pacientes que foram transferidos do AM. Nenhum deles recebeu alta hospitalar até o momento.

Publicidade
Publicidade
Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Com a chegada de 16 novos enfermos com Covid-19, Natal tem atualmente 28 pacientes com a doença que foram transferidos do Amazonas e estão internados em tratamento em três hospitais da capital potiguar. Desses, um está intubado e nenhum recebeu alta hospitalar.

A operação é coordenada pelos ministérios da Saúde e da Defesa por causa da crise da falta de oxigênio e da superlotação dos hospitais de Manaus.

Os pacientes estão divididos em três unidades de saúde:

16 no Hospital de Campanha
10 no Hospital Universitário Onofre Lopes (HUOL)
2 no Hospital Giselda Trigueiro

O paciente intubado está no Hospital de Campanha, que recebeu os 16 pacientes na noite de quarta-feira. De acordo com o boletim médico divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Natal na noite desta quinta-feira, 12 desses pacientes estão internados na enfermaria, um está em leito semi intensivo e outros 3 estão na UTI, sendo um deles intubado.

Dos 10 pacientes que estão no HUOL, seis continuam estáveis e estão na enfermaria, segundo aponta o boletim médico desta quinta-feira. Os outros quatro estão na UTI em cuidados intensivos.

O boletim do Onofre Lopes reforça que os pacientes da UTI também estão estáveis, "porém ensejando maiores cuidados, com a possibilidade de um deles ter alta da UTI, retornando para a enfermaria". Nenhum deles está intubado.

Já os dois pacientes que estão no Hospital Giselda Trigueiro, referência para casos de Covid-19 no estado, estão internados na UTI, segundo a Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap). De acordo com o diretor da unidade de saúde, o médico André Prudente, os pacientes "estão melhorando muito".

"Estão em leitos de UTI, mas não estão intubados. Quando chegaram, estavam bem mais graves e quase foram intubados, mas não foi necessário", explicou.

Segundo os boletins médicos, nenhum dos 28 pacientes que foram transferidos e estão internados em Natal receberam alta até o momento.

Os primeiros 12 pacientes oriundos do Amazonas chegaram à Natal na segunda-feira (18) em um voo civil. Os demais 16 chegaram na noite de quarta (20) transportados pela Força Aérea Brasileira.

 

Aviso: Esse conteúdo não reflete a opinião do nosso portal e a sua fonte é g1.globo.com/rn

Créditos: As fotos e vídeos contidos nesta matéria é de inteira e total responsabilidade de Sérgio Henrique Santos/Inter TV Cabugi

Publicidade
Publicidade

Comentários:

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade