Gazeta Apodiense

Notícias Estado

Polícia Civil prende homem e apreende dois adolescentes suspeitos de matar menino de 12 anos no RN

Corpo da vítima foi encontrado com sinal de espancamento na cabeça no dia 11 de julho, na zona rural de Lajes Pintadas.

Polícia Civil prende homem e apreende dois adolescentes suspeitos de matar menino de 12 anos no RN
Polícia Civil do RN
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

A Polícia Civil do Rio Grande do Norte prendeu um homem e apreendeu dois adolescentes suspeitos de participar da morte do menino Luiz Gustavo Lopes Linhares, que tinha 12 anos de idade, em Lajes Pintadas, no Agreste potiguar.

Ao todo, três mandados foram cumpridos pelos agentes da 9ª Delegacia Regional de Polícia de Santa Cruz na sexta-feira (15), segundo confirmou a corporação.

O mandado de prisão preventiva foi cumprido contra um homem de 26 anos. Os outros dois, de internação, foram para dois adolescentes que não tiveram as idades reveladas. Todos são investigados pelo crime.

O corpo do menino de 12 anos foi encontrado morto, com sinais de violência, no dia 11 de julho deste ano, em uma estrada de terra no município de Lajes Pintadas.

Na ocasião, o delegado Jaime Groff, de Santa Cruz, afirmou que o corpo foi achado pela Polícia Militar em uma estrada de terra, por volta das 7h, na comunidade conhecida como Sítio Inharé.

Havia uma marca de pancada na cabeça, que teria sido provocada por um objeto contundente como uma pedra ou um pedaço de madeira, por exemplo.

Ainda de acordo com a corporação, a vítima tinha participado de uma vaquejada na noite anterior, em um parque próximo ao local onde o corpo foi encontrado.

A possível motivação do crime não foi informada pela polícia.

A Polícia Civil do Rio Grande do Norte prendeu um homem e apreendeu dois adolescentes suspeitos de participar da morte do menino Luiz Gustavo Lopes Linhares, que tinha 12 anos de idade, em Lajes Pintadas, no Agreste potiguar.

Ao todo, três mandados foram cumpridos pelos agentes da 9ª Delegacia Regional de Polícia de Santa Cruz na sexta-feira (15), segundo confirmou a corporação.

O mandado de prisão preventiva foi cumprido contra um homem de 26 anos. Os outros dois, de internação, foram para dois adolescentes que não tiveram as idades reveladas. Todos são investigados pelo crime.

O corpo do menino de 12 anos foi encontrado morto, com sinais de violência, no dia 11 de julho deste ano, em uma estrada de terra no município de Lajes Pintadas.

Na ocasião, o delegado Jaime Groff, de Santa Cruz, afirmou que o corpo foi achado pela Polícia Militar em uma estrada de terra, por volta das 7h, na comunidade conhecida como Sítio Inharé.

Havia uma marca de pancada na cabeça, que teria sido provocada por um objeto contundente como uma pedra ou um pedaço de madeira, por exemplo.

Ainda de acordo com a corporação, a vítima tinha participado de uma vaquejada na noite anterior, em um parque próximo ao local onde o corpo foi encontrado.

A possível motivação do crime não foi informada pela polícia.

Aviso: Esse conteúdo não reflete a opinião do nosso portal e a sua fonte é g1.globo.com
Comentários:

Veja também

Seja assinante do nosso portal! É GRÁTIS!

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!