Gazeta Apodiense

Notícias Geral

Potiguar que vende sanduíches para fazer mestrado em Portugal recebe doação de R$ 10 mil

Ela tem a meta de comercializar mais de 2 mil sanduíches para custear viagem.

Potiguar que vende sanduíches para fazer mestrado em Portugal recebe doação de R$ 10 mil
Iara Nóbrega/Inter TV Cabugi
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Aprovada para fazer um curso de mestrado pelo Instituto Politécnico de Coimbra, em Portugal, a potiguar Clévina Holanda Dantas, 23 anos, decidiu vender sanduíches para custear a viagem e os estudos ao longo de dois anos. A história foi contada pela Inter TV Cabugi e G1 RN nesta terça-feira (15). À tarde, a estudante de Mossoró foi surpreendida com uma doação de R$ 10 mil feita por um homem que prefere não se identificar, via PIX.

"Uma pessoa depositou R$ 10 mil na minha conta. Isso é mais de um ano do meu curso. Não sei nem como agradecer. Muito obrigada", disse, emocionada, em uma rede social.

"Eu não sei nem dizer o quanto eu trabalhei na minha vida quando eu tinha outra empresa para conseguir esse valor. Foi muito duro, e uma pessoa hoje (terça-feira) colocou na minha conta e nem me conhece, e vai custear um ano dos meus estudos", completou.

O objetivo dela era vender 2.230 sanduíches para arrecadar os recursos. Clévina também criou uma página nas redes sociais, onde as pessoas podem ajudá-la "trocando" um sanduiche por um sonho.

A campanha começou no dia 10 de junho e a estudante tem vendido cerca de 35 sanduíches por noite, em Mossoró. Clévina conta que tem ajuda da mãe e do noivo para produzir os sanduíches.

Empreendedorismo

Formada em administração pela UERN, Clévina abriu seu próprio negócio em 2017 e foi por meio dele que vislumbrou o sonho de cursar o mestrado.

"Eu já tinha um negócio com quase quatro anos, então era uma empresa quase madura e senti que não conseguia desenvolver ainda mais ela por que precisava aprender mais, foi daí que conheci algumas pessoas em Portugal e fui pesquisar sobre os cursos de mestrado lá. Então resolvi vender o meu primeiro negócio pra tentar passar no mestrado. Com esse valor que custeei as candidaturas, as documentações, envios por correios", revela.

Ela conta que seu primeiro empreendimento foi na área de alimentação, mas pensou em um produto que pudesse fazer em casa. Daí surgiu a ideia do sanduiche.

 

FONTE/CRÉDITOS: g1.globo.com/rn
Comentários:

Veja também

Seja assinante do nosso portal! É GRÁTIS!

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!