Gazeta Apodiense

Notícias Estado

Sistema de videomonitoramento da orla de Natal é ampliado

Ampliação está sendo executada pela Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed).

Sistema de videomonitoramento da orla de Natal é ampliado
Divulgação/Sesed
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

A Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed) está ampliando o sistema de videomonitoramento ao longo de toda orla de Natal. O percurso contará com câmeras integradas, 24 horas por dia, ao Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp). A ampliação faz parte do projeto Governo Cidadão (uma parceria entre o Governo do Estado e o Banco Mundial) e foi realizada por meio de um investimento de R$ 6,9 milhões.

Ao todo, o projeto prevê a instalação de 140 câmeras do tipo PTZ que realizam movimentação em 360 graus. A instalação dos equipamentos tem início na praia de Ponta Negra, passando pela Via Costeira, Ponte Newton Navarro, até a praia da Redinha. O sistema contará ainda com 44 outras câmeras em 22 portais para detecção e fiscalização de placas de veículos, o que totalizará 184 câmeras no trajeto.

Atualmente, o percurso conta com 64 câmeras em funcionamento, além de 30 pontos com instalações, mas que aguardam ligação de energia, e o restante das câmeras em fase de instalação.

Para o titular da Sesed, Coronel Francisco Araújo, a ação aprimora e moderniza o sistema de segurança do estado. "O videomonitoramento é uma ferramenta de fundamental importância ao sistema de segurança pública porque traz mais agilidade no tempo de respostas das ocorrências policiais. Pelas câmeras do Ciosp conseguimos chegar ao local da ocorrência com mais precisão, de uma maneira mais rápida", apontou.

De acordo com o diretor do Ciosp, Tenente-Coronel Kleber Macedo, a implementação do sistema de videomonitoramento, no atual momento de pandemia do coronavírus, será fundamental para a manutenção dos decretos publicados pelo Governo do Estado. “As câmeras irão auxiliar no cumprimento ao decreto estadual, seja para evitar aglomerações, monitorar e fiscalizar o funcionamento do comércio, além da atuação direta nas ações de segurança pública", disse.

O Secretário de Gestão de Projetos e Metas e coordenador do Projeto Governo Cidadão, Fernando Mineiro, ressalta que o investimento por meio do Banco Mundial aprimora as ações do Governo na área de segurança pública. "O foco central é potencializar e integrar as ações na área através da modernização das ferramentas de ação".

Aviso: Esse conteúdo não reflete a opinião do nosso portal e a sua fonte é Agora RN
Comentários:

Veja também

Seja assinante do nosso portal! É GRÁTIS!

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!