Gazeta Apodiense

Notícias Umarizal

Trabalho preventivo coloca Umarizal na “zona segura” contra a covid19

O município de Umarizal têm pouco mais de 10 mil habitantes e está localizado na região do Alto Oeste do Rio Grande do Norte.

Trabalho preventivo coloca Umarizal na “zona segura” contra a covid19
Créditos: As fotos e vídeos contidos nesta matéria é de inteira e total responsabilidade de Mossoró Hoje
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

O município de Umarizal, que tem pouco mais de 10 mil habitantes, no Oeste do Rio Grande do Norte, apresentou um alto índice de internações nos meses de novembro e dezembro de 2020. Ao assumir, no início do ano, o prefeito Raimundo Pezão iniciou uma série de medidas práticas, conseguindo reduzir consideravelmente as taxas de transmissibilidade, internações e óbitos.

O município de Umarizal têm pouco mais de 10 mil habitantes e está localizado na região do Alto Oeste do Rio Grande do Norte. No intervalo entre a primeira e segunda fase da pandemia causada pelo novo coronavirus, no período de novembro de 2020 a janeiro de 2021, apresentou números preocupantes de casos de covid19.

Ao assumir o governo, no dia 1º de janeiro de 2021, o prefeito Raimundo Pezão não encontrou estrutura contra a covid19, apesar de o governo Federal ter enviado uma quantia considerável de recursos para ser aplicado com este fim. Afirma que teve que adotar uma série de ações práticas para conter o repique da doença e o avanço da transmissão do vírus durante a segunda onda que ganho corpo nos meses de março e abril.

Umarizal já registrou 17 óbitos pela infecção pulmonar causada pelo novo coronavírus desde o início da pandemia. Entre os sobreviventes, está o ex-prefeito Rogério Fonseca e também o atual prefeito Raimundo Pezão. Os dois estiveram internados em estado muito grave na UTI do Hospital São Luiz, em Mossoró. Eles fazem parte de um universo de 1.198 pessoas de Umarizal que conseguiram se recuperar da doença.

Os dados oficiais dos governos do Estado e Federal, associado ao trabalho científico realizado pelo Laboratório de Inovação Tecnológica em Saúde (LAIS/HUOL/UFRN), mostram que a atual gestão, com Raimundo Pezão, conseguiu ótimos resultados com o trabalho realizado nos primeiros cem dias de governo, baixando os índices de transmissibilidade, número de internações e óbitos. Umarizal se encontra, atualmente, na zona segura.

Trabalho

Ao assumir o governo, o prefeito Raimundo Pezão relata que determinou que o trabalho contra a pandemia recebesse atenção especial em praticamente todas as secretárias. A secretária de Saúde Clarice Anilena Dias de Paiva recebeu a dura missão de convencer a população a seguir as medidas de contenção do avanço do vírus e reduzir as internações e óbitos.

Atualmente, o município de Umarizal tem uma pessoa internada e, observando o site do LAIS/UFRN (veja AQUI), está com baixa taxa de transmissibilidade (0.88), que é considerado pelos cientistas como zona segura. Entretanto, para o prefeito Raimundo Pezão, é preciso manter os cuidados para evitar contrair e transmitir o vírus mortal entre os umarizenses.

Se comparado com os demais municípios do Rio Grande do Norte, Umarizal apresenta, nos dias atuais, um quadro confortável. Os municípios da região Central apresentam os maiores índices de transmissibilidade (acima de 7.0) e a pequena cidade de Itajá, no Vale do Açu, apresenta o menor índice transmissibilidade (abaixo de 0.3).

No Rio Grande do Norte, o Portal Covid19, aponta que o número de óbitos já se aproxima de 5 mil. Nas últimas duas semanas, se configuraram como as duas de maior taxa de mortalidade pela covid19 em toda a pandemia no RN, obrigando as autoridades do Estado e dos Municípios a adotarem medidas duras e urgentes de contenção do vírus, pelo fato de os hospitais estarem entrando em colapso por falta de medicamentos, espaço e profissionais.

 O Boletim Epidemiológico do Rio Grande do Norte mostra precisamente o número de óbitos por 100 mil habitantes em todos os municípios do estado. Confira AQUI. São exatamente estes números que levaram o prefeito Raimundo Pezão a manter o trabalho contra a pandemia no município, apesar do índice de transmissibilidade está na zona segura.

A secretária de saúde, Clarice Anilena Dias de Paiva, informa que o Centro de Covid19, está funcionando de segunda a sexta, com 3 médicos para pacientes covid19, 1 enfermeiro, 4 técnicos de enfermagem e uma bioquímica. Trabalha para conter o avanço do vírus e oferecer cuidados necessários ao cidadão é contínuo.

“Estamos terminando o isolamento do Centro Covid, que antes era junto com a Unidade Mista de Saúde. Separamos uma enfermaria, sala de atendimento médico, medicação e a de estabilização. Estamos em processo de licitação para aquisição dos aparelhos e equipamentos necessários, como por exemplo respirador pulmonar, bombas de infusão e monitores”, diz.

O prefeito Raimundo Pezão lamenta que os recursos federais enviados em 2020 para covid19 foram gastos quase que em sua totalidade e não foi deixado um legado compatível com este valor em Umarizal. Diz que para combater a pandemia nos primeiros cem dias de sua gestão, precisou começar do zero, quase tudo feito com recursos da arrecadação própria, com muito esforço e apoio do povo.

Vacinação contra a covid19

“A vacinação está sendo feita pelos profissionais das Equipes de Saúde da Família (ESF), seguindo do Plano Nacional de Imunização (PNI)”, destaca Clarice Anilena, acrescentando que “estamos a partir de segunda-feira, 12, dando continuidade a imunização dos idosos, agora alcançando as faixas de idade de 66 a 69 anos”, informa Clarice Anilena, que aguarda a chegada de mais doses para avançar em outras faixas de idade. 

A secretaria ressalta a importância de quem tomou a primeira dose, não esquecer de tomar a segunda dose.

Vacinadas até o dia 8 de abril em Umarizal

1.334  vacinados

231 profissionais de saúde

321 idosos acima de 80 anos

231 idos de 75 a 79 anos

332 idosos de 70 a 74 anos

219 idosos de 67 a 69 anos

Obs: 551 já tomaram as duas doses do imunizante.

Os idosos acamados estão sendo vacinados em casa. Os trabalhadores da saúde estão sendo vacinados na UBS /Raul de França, enquanto que os idosos nas escolas e igrejas.

 

Aviso: Esse conteúdo não reflete a opinião do nosso portal e a sua fonte é www.mossorohoje.com.br
Comentários:

Veja também

Seja assinante do nosso portal! É GRÁTIS!

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!