Gazeta Apodiense

Notícias Natal

Vereador natalense faz críticas ao Plano Diretor da capital

Para ele, a cidade “parou no tempo” e precisa urgentemente dar andamento a essa discussão no âmbito da Câmara.

Vereador natalense faz críticas ao Plano Diretor da capital
Créditos: As fotos e vídeos contidos nesta matéria é de inteira e total responsabilidade de Diego Campelo/Portal Grande Ponto
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

O vereador Kleber Fernandes (PSDB), presidente da Comissão de Legislação, Justiça e Redação Final, espera que a Câmara Municipal receba ainda nesse mês de setembro o projeto para revisão do Plano Diretor de Natal. Para ele, a cidade “parou no tempo” e precisa urgentemente dar andamento a essa discussão no âmbito da Câmara.

“A sociedade espera, na verdade, que haja efetivamente o desenvolvimento da cidade, isso é óbvio. A gente sabe que Natal parou no tempo devido a essa questão da falta de atualização do Plano Diretor, nós fomos engolidos pelas nossas cidades vizinhas, como João Pessoa, Fortaleza, Recife, etc, exatamente por não poder implementar novas medias urbanísticas que pudessem garantir esse desenvolvimento”, disse o vereador tucano em entrevista à 91.9 FM nesta segunda-feira (13).

Ainda de acordo com o parlamentar, o turismo, que ele considera a principal atividade econômica da cidade, foi “frontalmente atingido” por essa falta de atualização no Plano Diretor da cidade, documento que rege a política de desenvolvimento urbano sustentável do Município, bem como de orientação aos agentes públicos e privados que atuam na produção e gestão do espaço urbano.

“O turismo, que é a nossa principal atividade econômica, foi frontalmente atingido e vem sendo, pela falta dessa infraestrutura que requer essas permissões legais que só o Plano Diretor poderá garantir”, declarou Kleber Fernandes.

Ele avalia ainda que é necessário o apoio da sociedade para o projeto que, na avaliação dele, será positivo para a cidade, uma vez que “irá gerar mais emprego, mais renda, vai gerar movimentação econômica, turismo, arrecadação e receita para o Município, para o Estado”.

A revisão do Plano Diretor de Natal já passou por todas as etapas no seu processo de construção e agora a minuta está sob a análise jurídica da Procuradoria Geral do Município (PGM).

Aviso: Esse conteúdo não reflete a opinião do nosso portal e a sua fonte é www.grandeponto.com.br
Comentários:

Veja também

Seja assinante do nosso portal! É GRÁTIS!

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!